A Defesa Civil de Belo Horizonte atendeu 70 solicitações para vistorias na cidade apenas até as 11h40 desta segunda-feira (10), devido ao grande volume de chuvas.

A maioria dos pedidos foi feita por moradores de imóveis particulares nas regionais Noroeste, Barreiro e Pampulha.

Conforme o órgão municipal, foram feitos 23 chamados para deslizamentos de encostas e um desabamento parcial de moradia.

No último domingo, uma mulher de 42 anos morreu após um muro de arrimo desabar sobre o quarto onde ela dormia, na Vila São João Batista, na região de Venda Nova. Parte do imóvél e duas casas vizinhas foram interditadas por técncos da Defesa Civil.

A capital mineira está sob alerta de alto risco geológico até amanhã.

Veja lista de solicitações desta segunda:
• Desabamento parcial de moradia 1 
• Desabamento parcial de muro de arrimo 2
• Deslizamento de encosta 23 
• Erosão de causa natural 2 
• Escorregamentos ou deslizamentos 5 
• Infiltração 1 
• Infiltração (ameaça ou risco de causa humana) 1
• Infiltração (ameaça ou risco de causa natural) 3 
• Quedas, tombamentos e/ou rolamentos de matações e/ou rochas 10 
• Tombamento ou desabamento de muro (total ou parcial) 4 
• Trincas 7 
• Trincas / Infiltrações 9 
• Trincas e rachaduras em muro 2