Ruas e avenidas transformadas em rios, pontes interditadas e comércios debaixo d'água. O cenário ainda é esse em Santa Luzia na manhã desta segunda-feira (10). As fortes chuvas, que provocam a pior enchente da história da cidade da Grande BH, também obrigaram famílias a abandonar suas casas.

Imagens feitas por drone, nesse domingo (9), mostram os estragos na chamada Parte Baixa do município. A Ponte Velha, que segue bloqueada hoje, foi tomada pelas águas do Rio das Velhas. Há muita lama e lixo no local.

Na cidade, pelo menos dez bairros foram fortemente atingidos. Pantanal e Vila Íris ficaram com casas completamente submersas. Moradores do Barreiro, Córrego das Calçadas e Boa Esperança também enfrentam problemas.
 
Segundo a coordenadora da Defesa Civil, Lorena Borges, o nível do Rio das Velhas baixou um pouco, mas ainda é critico. "Chegou a 9 metros no domingo, hoje está em sete". Segundo ela, vários trabalhos estão sendo feitos.

"Nossa atuação foi, de início, dar resposta às famílias atingidas. Agora, tentamos restabelecer serviços prejudicados, com ações de limpeza, corte de árvores e desobstrução de vias". O órgão, que está com mais de cem chamados em aberto, pede paciência à população.

Além disso, reforça que segue monitorando as áreas de risco e o nível do Rio das Velhas. O órgão recomenda que a população siga as normas de segurança e evite transitar em pontos de alagamento. Os atingidos devem fazer contato pelos telefones 199 (Defesa Civil), 991876329 (plantão do órgão) e 193 (Bombeiros).

Leia mais:

Chuva alaga avenidas, bloqueia acessos e deixa famílias fora de casa em Santa Luzia, na Grande BH

'Tragédia anunciada', diz prefeito de Santa Luzia após queda de árvores sobre rede elétrica