A Prefeitura de Betim, na Grande BH, decretou "situação anormal de emergência" neste domingo (9), em decorrência das chuvas que atingem a cidade. As atividades não essencias foram suspensas no município até às 23h59 de terça-feira (11).

"Isso é para diminuir a circulação de pessoas e diminuir os riscos. As bacias dos córregos de Betim são pontos extremamente críticos, e nos próximos dias continuarão críticos", explicou o prefeito Vittorio Medioli (PHS). Conforme decreto publicado pela prefeitura, as doações recebidas até 31 de janeiro serão destinadas às vítimas das chuvas. As famílias atingidas também vão receber oito mil cestas básicas que serão compradas pelo Executivo. 

Na BR-381, na altura da divisa de Betim com Bicas, a elevação do rio já ameaça invadir a pista. Até o momento, não houve acidentes ou interdição do local.

BR-381 entre Bicas e Betim

Nível do rio Paraopeba ameaça invadir a BR-381

Desde sexta-feira (7), Betim monitora ao menos 18 ocorrências relacionadas ao grande volume do rio Paraopeba. O Executivo também interrompeu as linhas de ônibus 90, 30, 53 e 70. O transporte será normalizado após o “restabelecimento da segurança viária”, segundo a prefeitura.

A cidade promoveu uma campanha de arrecadação de itens para ajudar as vítimas da chuva. Em todas as gerências regionais da Defesa Civil, no Hall da prefeitura e no Partage Shopping serão recolhidos alimentos não-perecíveis, utensílios domésticos, materiais de limpeza e produtos de higiene pessoal.

Leia mais:
Estradas em Minas têm mais de 80 pontos bloqueados; saiba como acompanhar a situação das vias
Bombeiros encontram corpo da oitava vítima de deslizamento em Capitólio