A chuva segue sem dar trégua aos belo-horizontinos. Entre esta sexta (7) e a manhã de sábado (8), segundo alerta emitido pela Defesa Civil, a previsão para a capital mineira indica tempestades entre 50 e 70 mm.

Ainda de acordo com o comunicado, as pancadas de chuva podem vir acompanhadas de raios e rajadas de vento em torno de 50 km/h. Diante do cenário, é preciso redobrar a atenção e evitar áreas de inundação. 

Para hoje, a previsão meteorológica indica céu encoberto e precipitação de intensidade forte durante todo o dia. A temperatura máxima deve chegar aos 25°C, com umidade relativa do ar em torno de 85% à tarde. A mínima foi de 18°C.

Veja todas as recomendações da Defesa Civil:

  • Não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões nos momentos de forte chuva
  • Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas e próximo a córregos
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores
  • Atenção especial para áreas de encostas e morros
  • Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199)
  • Se notar rachaduras nas paredes das casas ou o surgimento de fendas, depressões ou minas d’água no terreno, avise imediatamente a Defesa Civil
  • Em caso de raios, não permaneça em áreas abertas nem use equipamentos elétricos

Acumulado de chuva

A região Centro-Sul de Belo Horizonte foi a mais atingida pelas chuvas nos primeiros sete dias do ano. Até a manhã desta sexta, a regional recebeu volume de água superior a 191 mm. Isso representa quase 60% do esperado para todo o mês de janeiro. 

Em outras seis regionais, o volume de água também já ultrapassa os 100 mm. Veja: 

  • Barreiro: 142 (43%)
  • Centro Sul: 191,3 (58%)
  • Leste: 160,2 (49%)
  • Nordeste: 110,8 (34%)
  • Noroeste: 146,6 (45%)
  • Norte: 89,6 (27%)
  • Oeste: 144,4 (44%)
  • Pampulha: 106,6 (32%)
  • Venda Nova: 94,2 (29%)

Média climatológica janeiro: 329,1 mm

Alertas

Os moradores de Belo Horizonte podem receber os alertas de risco de chuvas fortes, granizo, tempestades, vendavais, alagamentos, risco de deslizamentos de terra e outros fenômenos meteorológicos por SMS. Para se cadastrar, basta enviar uma mensagem de texto com o CEP da rua para o número 40199. Uma mensagem de confirmação será enviada na sequência. O serviço não tem custo.

A população também pode acompanhar os alertas e as recomendações da Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil por meio do Instagram, Twitter, Facebook e pelo canal público do Telegram no endereço: defesacivilbh.

Leia mais:
Forte chuva deve atingir 690 cidades mineiras nesta sexta; há possibilidade de alagamentos
Feira mais cara: chuva destrói plantações em Minas e leva sacolões a comprarem em São Paulo
População de municípios mais atingidos pela chuva sofrem com danos às estradas