Uma médica foi dispensada dos serviços da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São Benedito, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, depois de uma denúncia recebida pela prefeitura da cidade. Um vídeo, que circulou nas redes sociais, mostra a profissional impedindo que uma criança ficasse com a mãe e um outro irmão, que estava sendo atendido dentro do consultório.

Nas imagens, é possível ver o menino do lado de fora, quando a porta é fechada de forma brusca. Um paciente que estava no local filmou o ato e disse que a médica não teria autorizado que a mãe entrasse com os dois filhos. 

Por meio do Instagram, o prefeito de Santa Luzia, Delegado Christiano Xavier, considerou a situação como de “péssimo atendimento” e disse que a servidora foi afastada de forma imediata. “Ela não trabalha mais no quadro da prefeitura. Estamos abertos para receber este tipo de reclamações porque prezamos pelo bom atendimento da população”, afirmou. 

Veja as imagens no vídeo abaixo:

Leia mais:
'Vamos vacinar todas as crianças em 7 dias', diz Secretaria Municipal de Saúde de BH
Gripe e Covid-19 fazem ocupação de leitos disparar em Montes Claros, no Norte de Minas
BH teve aumento de 148 mil atendimentos a doenças respiratórias em 2021; dezembro teve mais casos