As chuvas intensas que estão atingindo Minas Gerais deixam as autoridades em alerta. Para evitar novos desastres, com alagamentos e deslizamentos de terra, a atenção da população deve ser redobrada. Segundo o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Alexandre Lucas, o objetivo é evitar mortes. 

Para isso, o órgão conta com a ajuda dos próprios mineiros. No Estado, 749 cidades estão sob alerta de chuvas intensas nesta segunda-feira (3), com risco de tempestades de até 100 milímetros por dia. 

“Minha mensagem para todos os mineiros é cautela. Tem chovido muito em nosso Estado e temos agora o perigo de deslizamentos de encostas e de barrancos. Nós precisamos da autoproteção e da cooperação de todos”, disse o coronel em vídeo divulgado nesta manhã.

Alexandre Lucas pede, ainda, que a população que vive em áreas de risco evite dormir em casa durante o período de chuva.  “Vá para a casa de parentes. Não queremos mortes em Minas Gerais, coopere conosco. Ligue 199, chame a Defesa Civil e siga as orientações”, finalizou.

Leia mais:
BH tem alerta de temporal de até 50 mm e quatro regiões sob risco geológico forte nesta segunda
Tempestades de até 100 milímetros deixam 749 cidades mineiras sob alerta; há risco de alagamentos
Ministro anunciará, nesta segunda, medidas para ajudar cidades mineiras afetadas pela chuva