Trabalhadores do transporte coletivo e rodoviários de passageiros, metroviários, aeroviários, ferroviários, caminhoneiros e profissionais da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos recebem, nesta segunda-feira (3), a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em Belo Horizonte. É preciso, no entanto, ter ao menos quatro meses de intervalo entre a segunda aplicação e o reforço. 

Durante o dia, a dose estará disponível em Centros de Saúde, postos fixos e extras, até às 17h; drive-thru, até às 16h30; e em pontos montados em shoppings, que funcionam das 13h às 19h30. Veja os endereços aqui

Há, ainda, a opção de vacinação com horário agendado, feita na parte da tarde. A marcação é opcional e disponibilizada somente no dia da convocação. Usuários de faixas etárias anteriores e grupos já convocados não poderão utilizar o serviço e devem procurar o centro de saúde definido para a idade ou grupo. 

O que levar?

Para receber o reforço é preciso apresentar o documento de identidade, CPF e o cartão de vacinação, além de ter recebido a segunda aplicação no prazo de quatro meses. 

Confira o cronograma atualizado da vacinação em Belo Horizonte:

  • Dia 04/01, terça-feira: dose de reforço para trabalhadores da educação infantil, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 05/01, quarta-feira: dose de reforço para trabalhadores da educação do ensino fundamental, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 06/01, quinta-feira: dose de reforço para trabalhadores da educação do ensino médio, profissionalizante, EJA (Educação jovens e adultos) e superior, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 07/01, sexta-feira: dose de reforço para pessoas de 59 e 58 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 10/01, segunda-feira: dose de reforço para pessoas de 57 e 56 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 11/01, terça-feira: dose de reforço para pessoas de 33 e 32 anos – que receberam Coronavac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 12/01, quarta-feira: dose de reforço para pessoas de 28 e 27 anos – que receberam Coronavac, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 13/01, quinta-feira: dose de reforço para pessoas de 55 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar o cartão de vacina, o documento de identidade e CPF;
  • Dia 14/01, sexta-feira: dose de reforço para pessoas de 54 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 4 meses.

Repescagem da dose de reforço para todos os grupos e faixas etárias já convocadas: a dose de reforço é aplicada em pessoas cuja segunda dose tenha completado 4 meses. É necessário levar cartão de vacina, documento de identidade e CPF.

Leia mais:
Covid matou mais crianças em Minas que todas as doenças com vacinas oferecidas pelo SUS
Ministério da Saúde encerra neste domingo a consulta pública sobre vacinação de crianças
Anvisa confirma 28 casos de Covid-19 no transatlântico Preziosa, atracado no Rio