O Corpo de Bombeiros faz, pelo terceiro dia consecutivo, buscas por um homem que, depois de tirar a roupa, pulou na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte, na manhã da última sexta-feira (31). De acordo com a corporação, testemunhas que passavam pelo local disseram que ele tinha cerca de 25 anos, e depois do salto não reapareceu no espelho d’água. 

Informações iniciais repassadas pela equipe de resgate contam que o jovem ainda não foi encontrado. Ele entrou na água próximo ao vertedouro, uma estrutura usada para medição e controle da vazão da lagoa. 

A vítima é procurada por militares desde a última sexta-feira. Conforme a aspirante dos Bombeiros Jaqueline dos Santos, as buscas estão sendo superficiais a pé e em um barco, e por meio de um sonar, capaz de mapear o relevo subaquático e buscar algum indicativo da possível localização do corpo. “Em afogamentos assim, é comum que o corpo desça até o fundo e fique ali nas proximidades, devido à baixa movimentação da água no local”, explicou.

Outra possibilidade analisada pela corporação é que o corpo do homem acabou entrando no vertedouro. Contudo, a entrada fica próxima à superfície do espelho d’água e, para que pudesse passar por dentro da estrutura hidráulica, a vítima teria que ter submergido à superfície. “Espera-se que o corpo volte à superfície a partir de 72h do acontecimento, isso seria por volta de hoje ou amanhã”, afirmou Santos. 

Leia também
Aplicação de dose de reforço em BH priorizará, nesta semana, profissionais da educação
Saiba quais regiões de BH terão postos de saúde abertos até 19h neste domingo