O número de vagas oferecidas no ensino superior aumentou no país. Segundo informações do Ministério da Educação (MEC) divulgadas nesta sexta-feira (31), foram criadas cerca de 600 mil vagas neste ano.

De acordo com a pasta, 436,3 mil foram para cursos a distância e 159,8 mil para cursos presenciais, o maior número entre 2015 e 2021.

O curso que mais abriu vagas foi o de enfermagem, com 112 autorizados. Em seguida, estão direito (108), pedagogia (90), psicologia (85) e administração (72). 

Neste ano, o MEC também registrou bons índices de reconhecimento e renovação de cursos, com 925 reconhecidos e 8,2 mil que tiveram a condição de reconhecimento renovada. 

A avaliação dos cursos é feita pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao ministério. Entre os critérios utilizados estão a infraestrutura, corpo docente e organização didático-pedagógica da faculdade.