A partir desta segunda-feira (27), a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) passa a aplicar o reforço das vacinas contra Covid-19 com o novo intervalo de quatro meses para pessoas com comorbidades.

Até esta quinta (30), serão imunizados moradores da capital entre 59 e 18 anos que tenham completado o quadro vacinal (duas doses ou dose única da Janssen) e possuam duas ou mais doenças correlacionadas e que ocorrem ao mesmo tempo, como obesidade e diabetes tipo 2.

Todos receberão o imunizante do consórcio Pfizer-BioNtech, idependente da vacina que foi aplicada anteriormanente, informa a Prefeitura. A única exceção é o novo prazo de carência da última dose, que caiu de cinco para quatro meses.

A PBH lembra que pessoas acima de 60 anos, trabalhadores da área da saúde e pacientes com alto grau de imunossupressão (deficiência do sistema imunológico) já receberam a terceira dose da vacina contra o coronavírus.

Confira o cronograma da aplicação do reforço em pessoas com comorbidades e com intervalo de quatro meses da segunda dose:

Data: 27/12 (segunda)
Faixa etária: 59 a 55 anos

Data: 28/12 (terça)
Faixa-etária: 54 a 50 anos

Data: 29/12 (quarta)
Faixa etária: 49 a 42 anos

Data: 30/12 (quinta)
Faixa etária: 41 a 18 anos

Todos devem levar cartão de vacina, documento de identidade e CPF no dia da aplicação

Funcionamento dos postos de vacinação:

Data: de 27 a 30/12
Horário da vacinação dos pontos fixos e extras: 8h às 17h
Horário da vacinação no drive-thru: 8h às 16h30
Horário da vacinação dos shoppings: 13h às 19h30

Os endereços dos locais de imunização devem ser acessados no site da PBH.

Leia mais:

Mais de 2 mil pessoas já foram contaminadas pela variante Delta em Minas; 42 morreram
Brasil registra 3,8 mil novos casos e 32 óbitos por Covid-19 durante o Natal