Natal é tempo de confraternização e união. E em tempos difíceis causados pela pandemia da Covid-19, a data, celebrada neste sábado (25), ganha ares de esperança. Por mais um ano em Belo Horizonte, mais de 3 mil pessoas terão a oportunidade de garantir a ceia no Restaurante Popular da capital. A refeição neste dia foi gratuita para os usuários. 

A oportunidade para muitos é tanta, que há quem chegue ao local bem antes do horário de abertura. No caso do aposentado José Geraldo de Andrade, de 70 anos, a espera foi de quase 5h. Ele foi um dos primeiros da fila. 

“Cheguei aqui as 6h10 e já frequento no dia a dia. No Natal venho há cinco anos e acho uma boa oportunidade”, disse o senhor que aguardou até às 11h para entrar no restaurante. 

WhatsApp Image 2021-12-25 at 10.56.31 (1).jpeg

José Geraldo de Andrade foi um dos primeiros a chegar para o almoço de Natal no Restaurante Popular

Em Belo Horizonte, 60 voluntários garantem o Natal de pessoas que, por muitas vezes, não teriam a oportunidade de garantir a ceia. E para deixar a data ainda mais especial, o almoço será regado a música, animação para crianças, além de contar com a presença do Papai Noel. 

Para quem acompanha de perto, a data se torna ainda mais especial. 

WhatsApp Image 2021-12-25 at 10.56.33 (1).jpeg

Digite Wellemy Nogueira, diretor de Unidade de Alimentação Popular

“Por mais que seja mais simples, é uma festa porque não entregamos só o alimento para a pessoa, estamos entregando alimento para a alma. Não é só a comida que sacia, temos que saciar de carinho, de amor, de fraternidade. É isso que o restaurante popular buscar dar para toda a população. Seja no Natal ou durante todo o ano. Hoje é mais enfático por conta da data. A gente pensa não só no alimento, mas na acolhida daquela pessoa”, avaliou o diretor de Unidade de Alimentação Popular, Wellemy Nogueira. 

Neste ano, além do almoço na unidade da avenida do Contorno, no Centro, a população também será atendida por marmitex, que poderão ser retirados até às 14h. 

Cardápio: 

  •  Lombo ao molho com abacaxi e cebola caramelizada;
  • Arroz com alho;
  • Feijão simples;
  • Farofa rica;
  • Cenoura ralada com espinafre;
  • Maçã e goiabada de sobremesa.

Leia também:
Três casos da variante Ômicron do coronavírus são identificados em Lavras, no Sul de Minas
Metrô de BH funciona em escala mínima neste sábado; confira horários
Compras pelo PIX crescem 176% e conquistam pequenos empreendedores em Minas