O indicador de monitoramento da capacidade de ocupação dos leitos de UTIs destinados ao tratamento da Covid-19 em Belo Horizonte deu um salto de cerca de 10 pontos percentuais nas últimas 24h. De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura nesta terça-feira (21), 51,5% do espaço reservado estão preenchidos. Os leitos de enfermaria também estão em alerta, com 54,1%, da sua capacidade total, ocupados.

A transmissão da doença na cidade também aumentou. O índice RT de 0,98 indica que a cada 100 infectados outras 98 pessoas podem ser contaminadas. O ideal é que esse valor seja abaixo de 1. 

O índice de ocupação dos leitos da capital leva em conta a disponibilidade na Rede SUS e na Rede Suplementar de Saúde de BH. 

Até essa segunda-feira (20), a capital mineira já registrou  294.010 casos confirmados, 708 estão em investigação e 7.071 pessoas morreram em decorrência da doença. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, devido a problemas técnicos na base de dados do Ministério da Saúde os valores não foram atualizados nas últimas 24h.

Vacinação

Até o momento,1.925.522 pessoas já foram vacinadas com a segunda dose, ou com dose única. O número total de imunizados nesta terça-feira, com pelo menos uma dose, é de 2.141.171. Já 364.549 receberam dose de reforço.

Boletim CovidOcupação de UTIs da capital aumentou 10 pontos percentuais nas últimas 24h

Leia também
BH precisa de mais de 500 médicos e não tem nenhum profissional cadastrado, diz secretário
Surto de gripe 'certamente vai acontecer' em BH, diz secretário municipal de Saúde