Cinco homens foram presos, na última sexta-feira (17), pelo assassinato de duas mulheres, de 23 e 40 anos. Quatro dos suspeitos foram encontrados em Salinas, na região Norte de Minas Gerais. O quinto estava em Almenara, no Vale do Jequitinhonha.

De acordo com a Polícia Civil, as vítimas tinham grau de parentesco entre si e com os homens. A investigação mostrou que os envolvidos faziam parte de uma comunidade cigana, e, a princípio, a motivação do crime foi passional.

O duplo homicídio aconteceu no dia 30 de junho deste ano, em Almenara. “Pelos costumes ciganos, quando o marido morre, a viúva é proibida de se envolver com outro homem. No entanto, com a ajuda da prima de 23 anos, a vítima, de 40, estaria em um novo relacionamento. Após descobrirem o romance, os suspeitos teriam decidido matar as mulheres”, afirmou a delegada encarregada do caso, Danielle Araújo. 

Durante a abordagem da Polícia Civil, um dos suspeitos apresentou documentos falsos e tentou subornar os policiais. Além de ser investigado pelo crime de feminicídio, o homem também poderá responder pelo crime de corrupção ativa. 

Leia também
Menino de 10 anos morre após cirurgia de extração de dente em Igarapé; jovem teve hemorragia
Barra de ouro oculta em celular é apreendida no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte