Um menino de 10 anos morreu na tarde desta segunda-feira (20) após passar por uma cirurgia de extração de dente em Igarapé, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, o jovem sofreu uma hemorragia durante o procedimento.

O caso aconteceu em uma clínica odontológica no centro da cidade. Os policiais foram acionados após o garoto ser levado pelos familiares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Marechal Rondon.

Conforme informações preliminares, o advogado da dentista mobilizou a corporação com medo de sua cliente ser agredida pelos parentes da vítima. Para evitar o transtorno, a profissional foi retirada do local.

Aos militares, os pais do garoto disseram que a fatalidade ocorreu por negligência. Eles pediram que o corpo do menino fosse periciado para que a causa da morte fosse confirmada.

Segundo a Prefeitura de Igarapé, o jovem chegou à UPA já sem vida e que a clínica dentária que o atendeu funciona dentro das conformidades legais. A reportagem tentou entrar em contato com o estabelecimento mas não obteve resposta.

A Polícia Civil de Minas informou que, assim que foi acionada, uma equipe da perícia criminal foi deslocada para realizar os primeiros levantamentos. O corpo da criança foi levado para o Posto Médico Legal de Betim, também na Grande BH, para se submeter aos exames cabíveis.

Leia também:

Mulher se casa com boneco e passa noite de núpcias em motel, no Alto Paranaíba, em Minas
Ocupação de enfermarias destinadas à Covid-19 volta ao nível amarelo de alerta em BH