A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) irá fazer, nesta sexta-feira (17), repescagem da segunda dose da vacina contra a Covid-19 para pessoas de 26 a 30 anos. Para receber o imunizante o morador da capital deve ter tomado a primeira dose da farmacêutica Pfizer, há pelo menos 21 dias. Além disso, deve comparecer a um ponto de vacinação portando documento com foto, CPF, cartão de vacina com a dose anterior e comprovante de endereço. 

O horário de funcionamento dos locais de vacinação é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para pontos fixos e extras, e das 8h às 16h30 para o drive-thru (veja aqui os endereços).

Há também quatro pontos de vacinação com horário noturno. Os públicos elegíveis para se vacinar nesse período são exclusivamente os convocados para o dia em questão. Confira os endereços: 

  • UFMG Campus Saúde (Escola de Enfermagem): avenida Professor Alfredo Balena, 190 - Santa Efigênia – Funcionamento das 12h às 20h;
  • Faculdade Pitágoras: rua dos Timbiras, 1.375 - Funcionários – Funcionamento das 8h às 20h;
  • UNA-BH: rua Aimorés, 1.451 - Lourdes – Funcionamento das 8h às 20h;
  • Faminas-BH: avenida Cristiano Machado, 12.001 - Vila Clóris – Funcionamento das 8h às 20h.

Calendário de vacinação entre os dias 13/12  e 17/12

  • Segunda-feira (13) - Dose de reforço para idosos de 60 anos, cuja data da segunda dose tenha completado 5 meses.
  • Terça-feira (14) - segunda dose para pessoas em situação de rua vacinadas com a Janssen.
  • Quarta-feira (15) - repescagem de segunda dose para adolescentes de 17 a 12 anos, cuja primeira dose tenha pelo menos 21 dias.
  • Quinta-feira (16) -  repescagem de segunda dose de Pfizer para pessoas de 25 a 18 anos, cuja primeira dose tenha pelo menos 21 dias.
  • Sexta-feira (17) - repescagem de segunda dose de Pfizer para pessoas de 30 a 26 anos, cuja primeira dose tenha pelo menos 21 dias.

Todos os dias -  dose de reforço, independente da faixa etária, para usuários que tenham o intervalo mínimo de 5 meses desde a aplicação da segunda dose.

Leia também
Nova cepa do vírus da gripe responsável por surto no Rio e em SP deixa BH em estado de alerta
Impasse no reajuste: Kalil diz que valor da tarifa de ônibus vai ser definido pela Justiça