Um motorista de aplicativo, de 42 anos, foi preso nesta segunda-feira (13) suspeito de estuprar uma passageira, da mesma idade, em Belo Horizonte. A vítima pediu a corrida em Vespasiano, região Metropolitana de BH, com destino ao Cachoeirinha, no Nordeste da capital. O crime teria ocorrido perto do campus da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), na Pampulha.

A vítima relatou à Polícia Militar (PM) que pouco depois de iniciar a viagem, percebeu que havia algo errado, pois o motorista dirigia em alta velocidade e falava coisas desconexas. Ela contou aos militares que ao chegar na Avenida Antônio Carlos, próximo à UFMG, o suspeito parou o carro e pediu que passasse para o banco da frente. Ele a teria ameaçado, falando que estava armado, o que fez com que a passageira, com medo, o obedecesse. Após o ato, segundo a vítima, ainda transtornada, saiu do veículo e foi até uma delegacia da Polícia Civil (PC), que a encaminhou à PM para registro da ocorrência.

Usando as informações da corrida no aplicativo, a Polícia foi até a casa onde está cadastrado o veículo do suspeito. Os militares aguardaram a chegada do suspeito que, ao ser abordado e informado da ordem de prisão, ficou calado e não reagiu. Segundo a PM, a vítima foi conduzida para a Delegacia de Mulheres para prosseguimento da apuração do caso.

Leia também:
Petrobras reduz preço da gasolina pura vendida às distribuidoras

BH e mais 614 cidades de Minas estão sob alerta de forte chuva nesta terça; veja lista