O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chegou a Belo Horizonte nesta sexta-feira para visitar as instalações do Hospital das Clínicas da UFMG e falou sobre o suposto ataque hacker à página do ministério e do aplicativo ConecteSus.

Em entrevista à imprensa, Queiroga disse que o ataque está sob investigação da Polícia Federal e do Gabinete de Segurança Institucional. “Hoje, o empenho total é para esses dados estarem disponíveis no mais curto prazo possível. Está sendo investigado, e assim que tiver alguém culpado será exemplarmente punido", afirmou.

No Hospital das Clínicas, o ministro conheceu o setor responsável pelas ferramentas de saúde digital. Em destaque estão sistemas que gerenciam eletrocardiogramas e o procedimento de tele-espirometria, um teste de função pulmonar para acompanhar enfermidades respiratórias que abrange mais de 100 municípios.

Leia mais:
BH aplica dose de reforço contra a Covid-19 em idosos de 61 anos nesta sexta
Auxílio Belo Horizonte começa ser pago a famílias carentes nesta sexta; veja quem tem direito