Um morador do assentamento Pátria Livre, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), foi assassinado nesta quarta-feira (8) em São Joaquim de Bicas, Região Metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 23h30, moradores do assentamento acionaram a corporação após encontrarem um corpo no local. A PM confirmou que a vítima, de 43 anos, foi encontrada sem vida, com o crânio esmagado e apresentava excessivo sangramento na região da cabeça. Policiais relataram que o trauma foi causado possivelmente por um objeto rígido.

Segundo a PM, nenhum morador presenciou o momento do crime ou alguma discussão com outra pessoa que pudesse levar à motivação do brutal assassinato.

O local foi isolado e o corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal de BH.

Leia mais:
Carro desgovernado invade cozinha de casa no bairro Nazaré

Defesa Civil recebeu 287 solicitações de vistorias de risco durante dias de chuva em BH