Uma casa desabou parcialmente na avenida Baronesa de Santa Luzia, na Vila Biquinhas, região Norte de Belo Horizonte, durante temporal na manhã desta segunda-feira (6). De acordo com o Corpo de Bombeiros, apesar do susto, não houve feridos. 

Agentes da Defesa Civil foram deslocados ao local para avaliar a estrutura do restante da residência e de outras ao redor, que também foram interditadas. Uma moradora explica que o imóvel já estava comprometido. "O barracão tinha sido interditado há mais de um mês, nós estávamos preparando para retirar os móveis, mas quando foi hoje cedo, a casa não aguentou e caiu", explicou a faxineira Aparecida Silva, de 57 anos.

Aparecida conta que mora no local há mais de 20 anos e lembra e sempre há problemas relacionados com a chuva. "Precisa tirar os entulhos no córrego, se não vai alagar todas as casas. Época de eleição, inclusive, vem muita gente aqui, mas depois já não tem mais nada. Aqui vira um esgoto a céu aberto", lamenta.  

Ao Hoje em Dia, a prefeitura de BH afirmou que "no mês de novembro, indicou a remoção de oito moradias construídas sobre o córrego na Vila Biquinhas, incluindo a moradia afetada no dia de hoje. As casas foram desocupadas e as famílias orientadas a deixar o local. Os moradores que se enquadram nos critérios da Política Municipal de Habitação estão recebendo o auxílio do Programa Bolsa Moradia". 

O executivo ainda confirma que há equipes no local do desabamento prestando atendimento às famílias que tiveram prejuízos causados pela chuva. Em caso de sinais de risco, a PBH deve ser acionada para vistoria da Urbel (de segunda à sexta-feira, de 8 às 17h) ou na Defesa Civil 24h, pelo telefone 199.

No bairro Jardim Leblon, na Região de Venda Nova, em BH, uma casa também desabou por causa da chuva na Rua Vitória da Conquista. Houve perdas materiais, mas não feridos.

Desabamento Bairro Jd Leblon BH

Digite aqui a legenda

Queda de muro

No bairro Dom Silvéio, região Nordeste da capital, o muro de uma casa desabou durante a chuva. O proprietário contou que a queda aconteceu pouco depois das 4h, e deixou todo o imóvel alagado. Parte da estrutura de duas casas e a rua foram interditados pela Defesa Civil.

Próximo ao colégio Santo Antônio, na região Centro-Sul, uma árvore não resistiu à força da água e caiu na rua Deputado Álvaro Sales. O trânsito no local ficou totalmente impedido, mas já há unidades do Corpo de Bombeiros para a liberação da via.

Trânsito

O começo da semana em BH é marcado por diversos contratempos causados pela forte chuva. Já nas primeiras horas do dia a Defesa Civil alertou para o fechamento de vias.

A avenida Vilarinho, via de acesso à região Norte da cidade, precisou ser fechada pelo grande risco de alagamento. A avenida Tereza Cristina, na região Noroeste, foi fechada pelo risco de transbordamento do Córrgero Ferrugem. As vias foram liberadas às 6h.

Congestionamento

De acordo com a BHTrans, que administra o trânsito na capital, o fluxo de veículos é lento em quase todas as regionais da cidade. Apesar de não haver registros de acidente, diversos problemas mecânicos em véiculos fazem com que o fluxo fique ainda mais complicado.

Balanço

Segundo a Defesa Civil de BH, foram registradas 33 solicitações nesta segunda-feira até às 11h45. O órgão confirma que todas elas foram atendidas, "grande parte para vistorias em imóveis particulares nas regionais Noroeste, Venda Nova e Pampulha". Veja a lista de ocorrências atendidas:

  • Abatimento de piso 1
  • Alagamento 1 
  • Danificação ou destruição de habitações 1 
  • Desabamento Parcial de Moradia 1 
  • Desabamento parcial de muro de arrimo 2 
  • Enchentes ou inundações 1 
  • Erosão de causa humana 1 
  • Escorregamentos ou deslizamentos 5 
  • Infiltração - ameaça ou risco de causa humana 6 
  • Trincas 5

Leia mais:
Shoppings de BH passam a funcionar como postos de vacinação contra a Covid-19; confira locais
Entenda as novas regras da Tarifa Social de Energia Elétrica