Uma advogada foi presa, na última sexta-feira (12), depois de tentar entregar uma serra a um detento no presídio de Governador Valadares, que seria usada para as grades da cela. A mulher foi encaminhada para a delegacia da Polícia da Civil da cidade e liberada após o registro de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

De acordo com o TCO, a suspeita foi flagrada tentando passar o material de corte pela grade das baias do parlatório. O agente que fez a denúncia informou que a mulher estava com atitude suspeita ao se debruçar sobre a última bancada manuseando um objeto. Ao ser abordada ela disse que o objeto já estava no local quando chegou.

A suspeita foi detida e levada para a delegacia da Polícia Civil. O caso foi encaminhado para o Juizado Especial Criminal.

Leia também
Bolsonaro promete aumento para servidores condicionado à aprovação da PEC dos Precatórios
Prefeitura entrega nova sede do Centro de Saúde Zilah Spósito na região Norte de BH