A assessoria de imprensa da artista Marília Mendonça informou que o velório da artista está previsto para este sábado (8), no ginásio Goiânia Arena, em Goiânia. A cantora sertaneja morreu na tarde desta sexta-feira (5) depois que o avião em que ela estava e que a levaria para Caratinga, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais caiu em uma área de difícil acesso. 

O corpo da artista ainda não foi liberado pela perícia da Polícia Civil. De acordo com a corporação, ainda faltam alguns procedimentos burocráticos, mas a expectativa é que os familiares da cantora possam sepultá-la neste sábado.

Tragédia

Na tarde desta sexta-feira (5), o avião que transportava Marília Mendonça caiu em uma cachoeira na zona rural de Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, em Minas Gerais. Ao todo, cinco pessoas morreram: a artista, o tio dela e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Ribeiro, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o co-piloto Tarciso Pessoa Viana.

A aeronave decolou de Goiânia e seguia para Caratinga, cidade também no Vale do Rio Doce, onde a artista faria um show na noite desta sexta. 

De acordo com o tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas, os ocupantes estavam presos entre as ferragens. 

A artista estava em um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo informações da Anac, o avião estava em situação regular.

Leia mais
Avião de Marília Mendonça atingiu cabo de alta tensão da Cemig, em Caratinga, antes de cair
Avião de Marília Mendonça caiu perto de aeroporto e pode ter tentado pouso forçado, diz PM
Força aérea vai apurar queda de avião de Marília Mendonça em Minas
Marília Mendonça tinha a agenda de shows mais concorrida do mercado, com 20 apresentações por mês