Três homens suspeitos de cometer abuso sexual contra crianças e adolescentes foram presos durante uma operação da Polícia Civil, nesta quinta-feira (28), em três bairros da capital.

No Carlos Prates, na região Noroeste, a polícia foi prendeu preventivamente um homem acusado de estuprar a filha, em setembro deste ano. Segundo as investigações, a criança contou à mãe que teria sido abusada pelo pai quando passou uma noite na casa dele. Durante o registro da ocorrência,  o homem disse que estava sob efeitos de drogas e que confundiu a própria filha com a namorada.

Em outro ponto da cidade, no bairro Serra, na região Centro-sul, os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva contra um jovem que abusou de uma adolescente de 12 anos. Em 2017, a jovem fugiu de casa e foi encontrada na residência do rapaz. O terceiro alvo da operação, foi um homem condenado em 2017, também por estupro. Ele foi localizado no bairro Pindorama, na região Noroeste.

De acordo com a delegada-geral do Departamento de Investigação, Orientação e Proteção à Família (Defam), Carolina Bechelany, o diálogo é essencial para evitar crimes de abuso contra crianças e adolescentes. “Precisamos conversar com as nossas crianças desde cedo e orientá-las quanto ao assunto”, explicou.

Apreensão de equipamentos

Durante a operação, também foram apreendidos equipamentos eletrônicos de um homem suspeito de produzir e comercializar imagens pornográficas de uma menina menor de idade. O homem já foi investigado pela Polícia Federal, por compartilhar conteúdo desta natureza na internet.

Leia também
Obras de instalação de fábrica da Heineken em Pedro Leopoldo recebem nova recomendação contrária
Rodoviária de BH e Aeroporto de Confins esperam movimento de mais de 220 mil pessoas no feriado