Bares e restaurantes não terão mais restrição de horário para funcionamento em Belo Horizonte. A decisão foi tomada na mesma reunião, entre o vereador Léo Burguês e representantes da prefeitura, que revogou a obrigatoriedade de teste negativo para pessoas com esquema vacinal contra a Covid-19 completo. Ao Hoje em Dia, a administração municipal informou que a medida deve ser publicada no Diário Oficial do Município nesta sexta-feira (15).

Até agora, de acordo com o protocolo em vigência, esses estabelecimentos só poderiam ficar abertos das 5h às 1h.

De acordo com Léo Burguês, líder do governo na Câmara Municipal de BH, a capacidade permitida nos bares e restaurantes também poderá ser aumentada, já que a medida inclui a diminuição no espaço obrigatório entre as mesas.

O infectologista Unaí Tupinambás, membro do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da prefeitura, justifica a flexibilização a partir dos bons indicadores de transmissão na cidade e do avanço da vacinação contra o novo coronavírus.

O médico ressalta que o uso de máscaras, principalmente em locais fechados, segue sendo necessário para que os números não voltem a subir e seja preciso retornar a protocolos de distanciamento social mais rígidos.

Leia mais:
Em Minas, 523 municípios não registram óbitos por Covid há um mês
Minas estuda retomada obrigatória às aulas presenciais ainda este ano