Dezesseis veículos que faziam o transporte irregular de passageiros foram apreendidos em Minas durante o feriado prolongado, entre 8 e 12 de outubro. Ao todo, 164 pessoas tiveram as viagens interrompidas. Os dados são da operação Centauro, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). 

A fiscalização para coibir o transporte clandestino segue até o próximo sábado. De acordo com a ANTT, automóveis não autorizados representam riscos pela precariedade da manutenção, despreparo de motoristas e até falta de cuidados com medidas sanitárias contra a Covid-19.

Além das apreensões, 55 multas foram aplicadas durante a fiscalização de 80 veículos. As infrações somam mais de R$ 300 mil.

Ressarcimento
Quem teve a viagem interrompida, conforme a legislação, precisa ser realocado em um meio de transporte regular. Os custos - ou restituições de valores - cabem às empresas flagradas pelas autoridades.

Leia mais:
Reforma no Aeroporto de Confins permitirá dobrar número de lojas até fim de 2022
EUA abrirá fronteiras terrestres a viajantes vacinados contra Covid em novembro