O hábito de procurar o oftalmologista apenas quando é identificada uma alteração na visão pode ser perigoso. Algumas doenças, se não forem tratadas logo no início, podem levar à cegueira. 

Números de uma pesquisa feita pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) revelam dados alarmantes em relação à saúde ocular. 

Um terço da população brasileira, ou 34%, nunca realizou uma consulta com oftalmologista. A pesquisa foi feita no ano passado com mais de 2 mil homens e mulheres com mais de 16 anos.

Para a oftalmologista e diretora do Hospital de Olhos Hilton Rocha, Ariadna Muniz, esse número é alarmante e a falta de prevenção ou de tratamento pode aumentar o contingente de 1,5 milhão de brasileiros que atingido pela cegueira.

" A primeira causa de cegueira no mundo é a catarata, mais conhecida como visão nublada; a segunda causa é o glaucoma, que é o aumento da pressão intraocular; a terceira causa são os erros de refração, ou seja, a falta de óculos para corrigir a visão e a quarta causa é a retinopatia diabética. 74,8% dessas doenças são preveníveis ou curáveis",  explica a médica, que também é professora da Funorte e do Hospital Mário Ribeiro.

Acompanhe a entrevista na íntegra.