Pelo menos 15 cidades mineiras foram alvo de operação de combate a crimes cometidos no sistema penitenciário nesta quarta-feira (6). Mais de 100 pessoas foram presas, sendo 15 delas em flagrante. A operação foi comandada pelo Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio das polícias Civil, Militar e Penal.

O objetivo da ação foi enfraquecer 13 grupos envolvidos com tráfico de drogas, associação ao tráfico, crimes ligados ao estatuto do desarmamento e outros referentes a entrada irregular de celulares nos presídios. 

Foram cumpridos 156 mandados de prisão e 172 de busca e apreensão em 11 cidades: Uberaba, Uberlândia, Monte Carmelo, Patos de Minas, Ribeirão das Neves, Paracatu, Coromandel, Abadia dos Dourados, Prata, Várzea da Palma, Patrocínio e Abaeté. Os centros de detenção em Carmo do Paranaíba, Presidente Olegário e Governador Valadares também foram alvos dos policiais.

No primeiro balanço das ações, foram contabilizadas as apreensões de 26 quilos de maconha, 3 quilos de cocaína e 29 quilos de skunk (tipo mais concentrado de maconha), além de 191 comprimidos de ecstasy, dinheiro, carros e armas de fogo.

Leia mais:
Nova flexibilização aumenta capacidade de atendimento do comércio de BH; confira regras
Mais uma vítima do rompimento da barragem em Brumadinho é identificada; oito seguem desaparecidos