O pastor acusado de assassinar uma mulher e ferir mais duas pessoas a facadas no Centro de BH vai a julgamento nesta terça-feira (5), no Primeiro Tribunal do Júri, no Fórum Lafayette, na capital. O crime aconteceu no dia 26 de fevereiro de 2020. 

De acordo com a denúncia, o autor do crime e a vítima ocupavam estabelecimentos comerciais próximos à Rodoviária de Belo Horizonte. A loja onde a mulher trabalhava como cabeleireira já havia sido alugada pelo homem anteriormente e era motivação constante de discussão entre ambos. 

Em um desses atritos, irado, o pastor foi para o estabelecimento dela empunhando uma faca e a atacou. Ele atingiu um amigo e a companheira da cabeleireira antes de desferir os golpes fatais contra ela. 

O suspeito será julgado pelo crime de homicídio qualificado. A pena para o caso varia entre 12 e 30 anos de reclusão.

Leia mais:
Homem é encontrado morto dentro de carro no bairro Prado, região Oeste de BH
Criança de 6 anos se afoga em piscina de condomínio da RMBH e é socorrida de helicóptero