A taxa de transmissão da Covid-19 em Belo Horizonte voltou a crescer e segue no nível amarelo de alerta. De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela prefeitura da capital, o índice, conhecido como RT, passou de 1,01 para 1,04.

Isso significa que 100 pessoas infectadas pelo novo coronavúirus têm potencial para transmitir a doença a outras 104. Para que a Covid-19 esteja em recuo em BH, o RT precisa estar abaixo de 1, o que representa menor avanço na contaminação. 

Por outro lado, as taxas de ocupação da UTI e dos leitos de enfermaria para tratamento do coronavírus tiveram leve queda na capital. A ocupação nas UTIs passou de 44,9% para 43,9%; e nas enfermarias, de 34,4% para 32,9%. Os dois indicadores se mantiveram no nível verde de alerta da PBH.

Boletim Covid PBH 0410

Indicadores da Covid-19 em Belo Horizonte

Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde da capital, 284.245 casos da Covid-19 foram confirmados desde o começo da pandemia. Desse total, 275.597 pacientes se recuperaram e outros 6.756 perderam a vida para a doença. Ainda há 1.892 pessoas em acompanhamento pela pasta.

Vacinação

De acordo com o boletim, 1.972.415 moradores de BH receberam ao menos a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Desses, 1.302.813 também receberam a segunda aplicação. 

A terceira dose, ou dose de reforço, foi aplicada em 36.831 pessoas, enquanto a vacina em dose única, produzida pela Janssen, foi ministrada em 59.267 moradores da cidade. A prefeitura confirma que 3.917.700 doses da vacina já foram entregues à capital.

Leia mais:
Auxílio emergencial mineiro de R$ 600 começa a ser pago dia 14; veja calendário
Comerciantes em BH lamentam prejuízo após queda de WhatsApp e Instagram