O Jardim Zoológico de Belo Horizonte ganhou, nesta sexta-feira (3), mais um ilustre morador. Trata-se do quinto filhote de gorila nascido na instituição. O gorilinha, que ainda não teve o sexo identificado, é filho de Imbi e Leon.

De acordo com o Zoo, o filhote está no recinto junto com o restante do grupo e permanece o tempo todo no colo da mãe. O quadro de saúde do animal apresenta-se estável e, até o momento, não é possível afirmar o sexo dele, já que é preciso garantir privacidade e segurança para a família nestes primeiros dias.

Por essa razão, inclusive, a visitação à área dos gorilas foi restrita ao túnel (com as laterais interditadas), por tempo indeterminado, justamente para resguardar a tranquilidade da família com a chegada do novo membro.

O recém-chegado é da espécie gorilas da planície ocidental (Gorilla gorilla gorilla).

"A capital mineira conta, portanto, com o primeiro - e único até o momento – grupo reprodutivo desta espécie, criticamente ameaçada de extinção conforme classificação internacional, em um Jardim Zoológico da América do Sul", informou a instituição, em nota.

Para o biólogo e gerente do Jardim Zoológico de BH, Humberto Mello, o nascimento de mais um gorila comprova a experiência no manejo da espécie no Zoo.

"O sucesso das práticas aqui adotadas, fruto da dedicação, estudo e qualificação contínua de uma equipe multidisciplinar, composta por biólogos, mas também de tratadores, veterinários, educadores ambientais, zootecnista, nutricionista, e outros profissionais de apoio”.

Visitação

A prefeitura relembrou que a visitação aos espaços da Zoobotânica, entre os quais o Zoo de BH, requer agendamento prévio, sujeito à lotação máxima diária. O agendamento – que é gratuito - pode ser feito no site www.pbh.gov.br/parquesezoobotanica, no menu “agendamento de visitas”.

O pagamento dos ingressos deve ser feito exclusivamente na bilheteria do local, no dia da visita, conforme preços disponíveis no mesmo site, menu “preços e horário”.

Neste final de semana, a Zoobotânica funcionará normalmente, das 8h às 17h (entrada permitida até as 16h) e reabrirá as portas novamente, de forma excepcional, em 7 de setembro, das 8h às 17h (entrada permitida até as 16h).

Ainda segundo a administração municipal, bebês menores de 9 meses, por não poderem receber a dose de vacina contra a febre amarela, não podem acessar o local. É obrigatório o uso de máscara cobrindo nariz e boca durante toda a permanência no espaço, conforme decreto municipal vigente.

Gorilas no Zoo de BH 

LEON
Nascimento: 1998
Quando chegou ao Zoo de BH: 2013
De onde veio: Espanha

IMBI
Nascimento: 2000
Quando chegou ao Zoo de BH: 2011
De onde veio: Reino Unido

LOU LOU
Nascimento: 2004
Quando chegou ao Zoo de BH: 2013
De onde veio: Reino Unido

SAWIDI
Nascimento: 05 de agosto de 2014, no Zoo de BH
Pais: Lou Lou e Leon

JAHARI
Nascimento: 10 de setembro de 2014, no Zoo de BH
Pais: Imbi e Leon

AYO
Nascimento: 8 de maio de 2017, no Zoo de BH
Pais: Imbi e Leon

ANAYA
Nascimento: 8 de junho de 2019, no Zoo de BH
Pais: Lou Lou e Leon

FILHOTE SEM SEXO DEFINIDO
Nascimento: 3 de setembro de 2021, no Zoo de BH
Pais: Imbi e Leon

Leia mais:
Transmissão e ocupação de leitos de UTI caem em BH e seguem no patamar de estabilidade
Estado pede autorização à União para construção de vias férreas pela iniciativa privada em Minas
Às vésperas da vacinação, PBH muda regra para jovens que iriam completar 18 anos; entenda