A realidade nutricional no Brasil tem mudado ao longo das últimas décadas. O país conseguiu reverter a taxa de desnutrição entre as crianças, mas a preocupação, agora, é com os números da obesidade infantil que só crescem.

A nutricionista Patrícia Ayres, diretora Científica de Nutrição da Associação Brasileira de Low Carb (ABLC), alerta que vários estudam indicam que “em 2022 o Brasil deve ter mais crianças obesas do que desnutridas”.

Dados da Agência Nacional de saúde (ANS) já mostram que a obesidade é um problema para 14,3% das crianças brasileiras e para 8,4% dos adolescentes. Para tentar ajudar a reverter esse quadro e criar hábitos alimentares mais saudáveis desde a infância, a entidade está lançando a cartilha “O mistério do açúcar escondido”.

A publicação é em formato de história em quadrinhos, com ilustrações e diálogos simples e diretos, para ensinar crianças e adolescentes a respeito dos malefícios causados por uma alimentação rica em carboidratos, como salgadinhos, pães, doces e achocolatados.

A cartilha também traz os benefícios que pode gerar uma dieta rica em proteínas e gorduras, e ainda disponibiliza receitas simples que podem agradar o paladar das crianças.

A cartilha pode ser acessada no site da ABLC.

Acompanhe a entrevista na íntegra.