Um homem de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, foi indiciado por estupro de vulnerável, em Montes Claros, no Norte de Minas, nesta terça-feira (31). Segundo a Polícia Civil, ele foi preso em 7 agosto pela coação de um adolescente de 13 anos.

As investigações começaram em março, quando a mãe da vítima denunciou o caso após desconfiar de conversas que o filho tinha por meio de redes sociais. Além disso, ela encontrou conteúdo pornográfico no telefone do garoto. 

Perícias no aparelho do adolescente constataram as conversas entre o menino e o suspeito, que incluía o envio de imagens de nudez pelo investigado. Mesmo não havendo contato físico entre eles, o crime de estupro de vulnerável foi caracterizado após as provas colhidas pela Polícia Civil.

As investigações, comandadas pelo delegado Diego Carvalho, também incluíram testemunhas que foram ouvidas e um levantamento sobre a vida pregressa do autor.  

Leia Mais:
Mulher é indenizada em R$ 10 mil por sumiço de restos mortais do avô
Taxa de transmissão da Covid-19 tem alta pelo segundo dia consecutivo em BH