A taxa de transmissão da Covid-19 em Belo Horizonte subiu para 0,92 nesta segunda-feira (30), conforme o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura. Na última sexta-feira (27), o índice estava em 0,88. Apesar do aumento, o indicador permanece no nível verde dentro do controle estabelecido pela gestão municipal.

Também no nível de controle estão as ocupações dos leitos das Unidades de Terapia Intensiva e de enfermarias. Atualmente, segundo o levantamento, 46,6% das vagas das UTIs estão com pacientes graves contaminados com o novo coronavírus - na sexta eram 46%.

Em relação aos leitos clínicos, 32,8% estão ocupados - ante 34,5% registrado no último boletim.

Desde o levantamento anterior, foram registrados 15 óbitos em BH, chegando a 6.522 mortes desde o início da pandemia. Devido a um problema técnico do e-SUS, a prefeitura informou que não há atualização para o número de casos nesta segunda. 

Desde a última quinta-feira (26), o município chegou ao matriciamento de risco (MR) a 85%, considerado alto, e que permite o retorno às aulas presenciais, para todas as escolas e idades. Esse valor é medido pela incidência de Covid-19 a cada 100 mil habitantes e sua tendência e a taxa de mortalidade e sua tendência.

Vacinação 

Na próxima terça-feira (31), a vacinação será para o público de 20 anos. Na quinta-feira (2), as pessoas de 19 serão imunizadas.

No sábado (4), a capital completará a aplicação da primeira dose em toda a população adulta, imunizando a faixa etária de 18 anos. 

Clique aqui para conferir todo o cronograma e locais de vacinação em BH. 

Leia mais: 

BH antecipa vacinação contra Covid de mulheres de 19 anos para quinta-feira, mesmo dia dos homens
Minas confirma 35ª morte de criança menor de 10 anos por Covid
Minas recebe mais 282 mil vacinas contra a Covid-19 nesta segunda-feira