Dezenas de camisas falsificadas do Atlético foram apreendidas no último domingo (15), durante operação da Polícia Civil em combate ao comércio ilegal em shoppings populares de Belo Horizonte. Todos os modelos são do projeto comemorativo “Manto da Massa II”, que vendeu cerca de 100 mil unidades e rendeu R$ 24 milhões ao clube.

A ação foi desencadeada a pedido do Atlético, que percebeu grande fluxo de comercialização das réplicas antes mesmo da entrega dos modelos oficiais aos torcedores.

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro passo foi localizar os intermediadores, responsáveis pela venda em BH e na Região Metropolitana. Um deles foi encontrado no interior do Estado - cidade não informada -, e preso com grande parte da mercadoria. A corporação afirmou que o suspeito recebia demanda de mais de mil unidades por semana.

Foi cumprido um mandado de busca e apreensão em uma das fábricas usadas pelos criminosos na região Sul de Minas. Segundo a PC, foram apreendidos matéria prima para a confecção das camisas, matriz de fabricação, máquina de prensa e bordadeira.

Ainda segundo a corporação, as investigações continuam nos próximos dias, com o objetivo de encontrar outras fábricas usadas e demais intermediadores.

A reportagem entrou em contato com o Atlético e aguarda retorno.

Leia também:
Novos clientes de cadeira cativa da Arena MRV ganharão ingresso para Atlético x River
Fiscalização interdita bar em Contagem após denúncia de aglomeração
Tremor de terra assusta moradores de Congonhas na noite de domingo