O espaço que abrigou a fábrica de calçados San Marino, localizado na Linha Verde, na região Norte de Belo Horizonte, foi colocado à venda pelo Estado, atual proprietário, nesta sexta-feira (13). O valor mínimo é de R$ 20,16 milhões. O prazo para o envio de propostas vai até o dia 3 de setembro.

De acordo com o edital (veja aqui) divulgado pela Minas Gerais Participações S.A. (MGi), a propriedade conta com galpões interligados, em terreno com "amplos espaços" de 15.990 metros quadrados. O imóvel está desocupado e instalado na MG-010, no bairro Jaqueline, próximo à Cidade Administrativa.

Para participar do leilão, é necessário reunir a documentação requerida, que varia se o interessado for pessoa física, jurídica ou jurídica estrangeira, e realizar um depósito caução, no valor de R$ 1.008.400,00.

Em seguida, o proponente deve preencher a proposta, que deve ser enviada por Correios ou entregue pessoalmente na sede da MGi, localizada na Cidade Administrativa (rodovia Papa João Paulo II, 4001 – Prédio Gerais – 4º andar – bairro Serra Verde, Belo Horizonte - MG – CEP 31.630-901). 

Ainda de acordo com a MGi, as propostas serão abertas no dia 8 de setembro, às 10h. Quem oferecer o maior valor pelo imóvel será o arrematante. "A devolução da caução aos interessados vencidos ou desclassificados, sem qualquer acréscimo, será feita no prazo máximo de até cinco dias úteis contados a partir da homologação da licitação", informou, em nota.

Outras informações sobre o leilão podem ser vistas em www.mgileiloes.com.br.

Leia mais:
TRF5 derruba liminar do Ceará que exigia teste ou vacinação completa a turistas
BH vacina contra Covid moradores de 28 anos na terça; veja locais e horários
FedEX abre 50 vagas para motoristas de carretas em BH e mais seis cidades