A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), informou, nesta sexta-feira (6), que investiga um caso suspeito de transmissão comunitária da variante Delta do coronavírus em Minas Gerais. Trata-se de um morador de Virginópolis, no Vale do Rio Doce, que testou positivo para a cepa ainda em julho.

Conforme informou a pasta, o mineiro contaminado, assim como todos os contatos diretos relacionados, estão sendo monitorados. “Dessa forma, ainda não é possível tecnicamente confirmar ou descartar a transmissão comunitária da variante Delta em Minas Gerais”, disse a SES em nota enviada ao Hoje em Dia.

Ainda segundo a secretaria, o paciente apresentou sintomas leves, como febre, tosse e dor de cabeça. Um teste RT-PCR foi colhido em 13 de julho, com resultado positivo. A amostra foi analisada pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), que detectou a variante. Desde então, o paciente seguia monitorado pela SES, cumprindo isolamento até o dia 27 do mesmo mês.

Em comunicado divulgado esta semana, a Prefeitura de Virginópolis orientou a população sobre o caso confirmado e reforçou a necessidade de manter os cuidados contra o vírus.  “A variante Delta é preocupante, devido ao seu alto potencial de contaminação. Especialistas confirmam que ela é 70% mais transmissível do que o coronavírus identificado no começo da pandemia, conforme informação da organização mundial da Saúde (OMS). Pessoas afetadas costumam não apresentar tosse, nem febre, mas muita dor nas articulações, dor de cabeça, dor no pescoço, nas costas e fraqueza. A pandemia não acabou. Use a sua máscara durante todo o tempo, evite aglomeração e sempre que sair faça a higiene das mãos e objetos com álcool em gel”, diz a nota.

Variante Delta em Minas

A linhagem foi detectada na Índia, em 2020 e apontada como responsável por uma onda de casos e mortes por lá. A cepa é considerada mais transmissível e poderia ser responsável por uma explosão de casos também no Brasil. 

Em Minas, quatro casos da variante Delta já foram confirmados, sendo dois adolescentes de Belo Horizonte, um morador de Juiz de Fora, na Zona da Mata, além do paciente de Virginópolis. 

Leia mais:
Homens de 34 anos recebem a primeira dose da vacina contra a Covid em BH nesta sexta; confira locais
Brasil soma 560.706 mortes e 20.066.587 casos de Covid
Dois aviões com vacinas da Pfizer chegam ao Brasil