A volta dos torcedores aos estádios de futebol de Belo Horizonte só deve acontecer após a retomada das aulas presenciais para todos os alunos da capital, informou o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto, em entrevista ao Hoje em Dia, nesta terça-feira (13).

De acordo com o gestor, os indicadores que monitoram a pandemia na capital precisam melhorar antes de liberar o público nas arquibancadas. Estudos internacionais apontam que, para um retorno seguro, a incidência da Covid-14 para cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias deve ser inferior a 20 casos. Atualmente, está na casa dos 290. 

“Muito temerário voltar com o público em estádio de futebol agora. Não voltamos com o ensino médio exatamente por esse temor de transmissão comunitária. Certamente (a volta da torcida) não acontecerá antes da liberação das escolas”, afirmou o chefe da pasta municipal.

No domingo (11), a Conmebol liberou a presença da torcida em jogos das Copas Libertadores e Sul-Americana. Desta forma, o Atlético estaria apto a receber os torcedores no Mineirão em partidas com a chancela da entidade. 

Na semana passada, o governo do Estado anunciou que cidades na Onda Verde do Minas Consciente podem realizar jogos com a presença do público, desde que respeitadas as medidas de segurança. A Federação Mineira de Futebol (FMF) e a Secretaria de Estado de Saúde (SES) trabalham em conjunto para estabelecer um protocolo sanitário para viabilizar a realização desses eventos.

Leia mais:

Galo enfrenta o Boca por vaga nas quartas da Libertadores e pela marca de cem jogos pelo torneio
Casal acusado de tomar três vacinas pode ser julgado por estelionato e pagar multa de R$ 2 milhões