Um jovem de 30 anos é suspeito de ter esfaqueado a ex-companheira, de 39 anos, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na madrugada deste sábado (10). O homem, que tem passagem por policial justamente por agressão à mulher em junho do ano passado, está foragido. A vítima foi hospitalizada.

De acordo com relatos de testemunhas à Polícia Militar, um grupo de pessoas ouvia músicas em frente a uma padaria do bairro Kennedy, no início da madrugada. Entre os cidadãos, estava a ex-namorada do suspeito. A mulher estaria dançando e conversando com outras pessoas.

Em determinado momento, o indivíduo surgiu no local, chamou a vítima para conversar e a esfaqueou no abdômen. Em seguida, o suspeito fugiu a pé em direção à BR-040. O corte foi profundo e havia muito sangue. Uma das testemunhas socorreu a mulher, levando-a para o Hospital Municipal de Contagem, onde ela passou por cirurgia.

Ainda segundo o boletim de ocorrência da PM, os militares realizaram rastreamento pela região, incluindo visita à residência do suspeito. No local, a filha do jovem informou que desconhecia o paradeiro do mesmo. Ele não foi localizado.

Segundo a polícia, o suspeito tem registro policial por agressão à vítima, fato ocorrido em junho do ano passado. O caso foi encaminhado para a 10ª Delegacia de Polícia Civil de Contagem, e será investigado. A PM também informou que a padaria possui sistema de monitoramento externo por câmeras, o que poderá ajudar no inquérito.

A reportagem procurou o hospital para obter informações sobre o estado de saúde da vítima, mas ainda não obteve sucesso.

Leia mais:
Mega-Sena acumulada deve pagar prêmio de R$ 40 milhões neste sábado
Despesa maior com gasolina engole renda do trabalhador na Grande BH
Gás de cozinha e conta de luz pesam na inflação de junho