Apenas 11,79% da população em situação de rua se vacinou contra a Covid-19 em Minas Gerais até o momento. De acordo com o governo, 21.544 cidadãos vivem nessa situação no Estado. Até esta segunda-feira (5), somente 2.541 deles receberam pelo menos a primeira dose do composto químico.

Os dados são da Secretaria de Estado de Saúde (SES). Segundo a pasta, foram enviadas doses para vacinar 100% desse público no território - ou seja, 21.544 vacinas, sendo 20% delas da Pfizer e o restante da Janssen (dose única).

morador de rua bh

Na capital, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), a vacinação contra Covid-19 visa a atender cerca de 8,5 mil pessoas em situação de rua

Porém, conforme dados do Ministério da Saúde, confirmados pela SES, somente 2.541 cidadãos receberam a primeira dose; 70 a segunda aplicação e 310 pessoas foram imunizadas com a dose única. A secretaria disse ainda que o Estado tem reforçado junto às prefeituras as diretrizes do Plano de Vacinação contra a Covid-19 para esse público.

Entre elas, a necessidade da administração municipal identificar e realizar o cadastramento da população e desenvolver estratégias comunitárias, reconhecendo populações em vulnerabilidade no território e adjacências, garantindo o planejamento de doses necessárias para o alcance das metas de cobertura vacinal nessas comunidades.

"Para estimular o retorno para completar o esquema vacinal com duas doses, a secretaria também tem orientado aos municípios que articulem também com a pasta da assistência social", informou, em nota.

Belo Horizonte

Na capital, conforme dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), a vacinação contra Covid-19 de pessoas em situação de rua foi iniciada em 26 de maio para atender cerca de 8,5 mil cidadãos - justamente aqueles inscritos no CadÚnico ou atendidos pelos serviços e unidades socioassistenciais, independentemente da inscrição no CadÚnico.

Segundo a prefeitura, a abordagem está sendo realizada pelas quatro equipes do Consultório de Rua, da SMSA e da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, que percorrem as nove regionais da cidade, em vans, passando por locais estratégicos, das 9h às 19h.

A prefeitura também informou que vai dar continuidade à imunização da população em situação de rua até que a cobertura vacinal de 90% seja atingida.

A reportagem solicitou os dados de quantas pessoas em situação de rua foram vacinadas, mas ainda não obteve retorno.

Leia Mais:
Taxa de transmissão da Covid-19 volta a subir e chega 0,93 em BH
Campanha de vacinação contra a gripe é ampliada em Contagem, na Grande BH
Museus públicos de Belo Horizonte reabrem para visitação na quarta; veja programação