Dois mineiros procurados pela Interpol e foragidos da Justiça Mineira foram extraditados de Portugal para Belo Horizonte, nessa quinta-feira (1º), pela Polícia Federal. Eles são naturais de Governador Valadares, na região do Vale do Rio Doce, e têm 23 e 29 anos.

Conforme informou a PF, um deles foi condenado por tráfico de drogas e o segundo por roubo e uso de arma de fogo contra uma agência dos Correios. Eles possuíam mandados de prisão em aberto e foram presos em janeiro deste ano na cidade de Albufeira, na região do Algarve, em Portugal.

A prisão foi realizada pelas autoridades portuguesas em cumprimento a mandado de busca internacional da Interpol –  difusão vermelha. “As difusões vermelhas foram publicadas por solicitação da Representação da Interpol em Minas Gerais e decretadas pela Comarca de Governador Valadares. A do primeiro pelo Juízo da Vara de Execuções Penais e publicada em novembro de 2020 e a do segundo pela 2ª Vara Criminal e difundida em março de 2020”, informou a Polícia Federal.

Após serem submetidos ao exame de corpo de delito, os presos foram conduzidos ao Centro de Remanejamento Provisório (Ceresp) do bairro Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte, onde ficarão à disposição da Justiça.

Leia mais:
PM de Minas apura conduta de cabo que denunciou pedido de propina por vacina
Policial rodoviário federal é esfaqueado ao abordar motociclista em Contagem, na Grande BH
Polícia combate venda de documentos falsos em Minas Gerais e outros três estados