A Polícia Civil cumpriu nesta quinta-feira (1°) três mandados de busca e apreensão contra suspeitos de integrarem um esquema ilegal de loteamento e venda de terrenos no bairro Mangabeiras, na região Centro-Sul de Belo Horizonte

A Operação Horizonte dos Sonhos, coordenada pelo Departamento Estadual de Investigação de Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), teve como alvos um empresário, um tenente-coronel da reserva e uma empresa com sede na Savassi. 

Segundo o delegado Eduardo Vieira Figueiredo, a empresa tem um website em que anuncia terrenos de 440 metros quadrados por R$ 300 mil, valor muito abaixo da realidade do mercado imobiliário, e em área que pertence ao Conjunto Patrimonial e Ambiental da Serra do Curral, protegida por Lei.

"Nessas plataformas, a empresa inseria diversas informações que verificamos que seriam falsas, como exemplo, eles informavam que o empreendimento estava 100% licenciado, o que não é verdade, de acordo com os documentos que obtivemos da prefeitura. Além disso, a empresa apresentava uma planta fictícia do negócio”, explicou o delegado.

Durante a ação, foram apreendidos documentos relacionados a contratos firmados e máquinas de cartão de crédito.

A polícia ainda não sabe o número de pessoas lesadas e as investigações continuam.

Leia Mais:
Após denúncia de suposto cartel, presidente da BHTrans diz que é preciso rever contratos
CPI da Pandemia: policial mineiro confirma proposta de propina por vacina e tem celular apreendido
Homem fica ferido após carro capotar na avenida Nossa Senhora do Carmo