A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) recomendou, na quarta-feira (23), a retomada gradual das cirurgias e procedimentos eletivos em Minas. A orientação é válida para hospitais das redes pública e privada e considera o cenário a longo prazo da pandemia de Covid-19.

Conforme informou a pasta, a medida também envolve o crescente número de procedimentos eletivos que estão pendentes no Estado. Uma resolução estabelece o retorno gradual e a execução das cirurgias seguirá a classificação dos cenários epidemiológico e assistencial definidos pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), para cada macrorregião de saúde.

Ainda de acordo com a SES, as regiões serão classificadas em onda vermelha, amarela e verde e, a partir disso, vaõ ser estabelecidos os procedimentos pertinentes a cada uma das ondas.

“Nos casos em que vigorar a total suspensão das eletivas, a recomendação não se aplicará aos pacientes que necessitam de procedimentos relacionados à transplantes, cirurgias cardiovasculares, oncológicas, neurológicas e nefrológicas relacionadas ao processo dialítico, em estado de saúde de maior gravidade, cuja constatação de um médico assistente confirme que o atraso deste tratamento poderá levar a complicações e/ou ao aumento de risco de morte”, informou a pasta.

Leia mais:
Emoção toma conta de belo-horizontinos em dia de retomada de vacinação contra a Covid-19 por idade
CPI da Covid-19 ouve secretário Municipal de Saúde de BH nesta quinta; acompanhe ao vivo
BH vacina contra a Covid moradores de 55 anos nesta quinta-feira; confira locais e horários