A Unidade de Atendimento Integrado (UAI) Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, retomou as atividades presenciais na última segunda-feira (21). E após três dias de funcionamento, o serviço, que havia sido suspenso como forma de prevenção contra a Covid-19, dividiu opiniões dos usuários na manhã desta quarta (23). 

Com fila e aglomeração, só foi atendido quem realizou agendamento prévio nos canais oficiais do Governo de Minas (clique aqui) ou no aplicativo MG App. Quem não tinha agendado, tentou. Mas voltou para a casa sem uma solução.

Foi o caso da doméstica Maria do Carmo Henrique, de 49 anos. Ela contou que tentou agendamento durante três dias, para obter a emissão do documento de identidade, mas não conseguiu. Por isso, arriscou ser atendida no local.

“Dizem que o sistema está cheio e que não tem vaga. Agora eu vou voltar para casa sem conseguir agendar. A gente não consegue entrar e não consegue mexer (na internet), então é melhor vir aqui. Tem que esperar e aguardar. Fazer o que, né? Amanhã eu volto de novo”, disse.

UAI Praça Sete

Samuel Vieira da Silva esteve no local nesta quarta e foi atendido após pouca espera

Já o pedreiro Samuel Vieira da Silva, de 55 anos, seguiu todos os trâmites e foi atendido. Como realizou o agendamento prévio, teve que esperar pouco pelo atendimento e sair com os documentos em mãos. “Estou saindo daqui alegre. Foi rápido, demorou cerca de 10 minutos. Todo o protocolo foi seguido, com álcool em gel e máscara. Tudo no esquema para dar tudo certo”, comentou.     

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) reforça que todos os protocolos sanitários estão sendo seguidos na unidade para garantir a segurança dos funcionários e cidadãos - como uso obrigatório de máscara, intensificação da limpeza dos ambientes, aferição de temperatura e uso de álcool em gel 70%.

Em nota, o governo informou que os serviços são realizados apenas com agendamento prévio, que deve ser feito pelos canais oficiais pela internet. Ainda segundo o Estado, novas vagas são liberadas diretamente no sistema. “A orientação é que o cidadão, quando não encontrar disponibilidade para o serviço pretendido, tente novamente em diferentes horários”, disse.

(*) Com Lucas Prates

Leia mais:
UAI Praça 7 retoma atendimento de todos os serviços presenciais
Com 413 óbitos registrados nas últimas 24h, Minas ultrapassa marca de 45 mil mortes por Covid
Covid-19 já matou 110 crianças e adolescentes em Minas