O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), lamentou a chegada do Brasil à marca de 500 mil mortes por Covid-19 nesse sábado (19). O gestor pediu que a população continue se cuidando e se vacine, quando houver essa oportunidade.

"O Brasil chega à infeliz marca de 500 mil óbitos por Covid. Minha solidariedade a todas as famílias atingidas. Por favor, continue se cuidando e de quem está próximo. Quando chegar sua vez, vacine. Saíremos dessa mais fortes", declarou, em mensagem no Twitter.

Também nesse sábado, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) decretou luto oficial de três dias no âmbito do Parlamento Mineiro pela mesma razão. Durante o período, ficam proibidas comemorações de qualquer natureza na Casa.

Diferentemente do governador e do Legislativo mineiro, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) não se manifestou em respeito às 500 mil mortes registradas no país.

Leia mais:
Assembleia de Minas decreta luto de três dias em razão das 500 mil mortos por Covid-19 no Brasil
Mães com crianças de até 6 meses poderão ser vacinadas contra a Covid-19 em Minas após deliberação
Senai oferece cursos gratuitos de capacitação profissional