Um ônibus doado pela Mercedes-Benz à Cruz Vermelha será utilizado como ponto de vacinação móvel contra a Covid-19 em Minas. O veículo, apresentado na Cidade Administrativa nesta quarta-feira (16), ficará no Estado por 45 dias. O foco é imunizar a população mais vulnerável.

Além da dose contra o coronavírus, também haverá vacinação contra a H1N1, testes rápidos da Covid, aferição de pressão arterial e apoio psicossocial. A Cruz Vermelha, em parceria com o governo de Minas, é a responsável pela execução da logística das viagens.

“Nosso objetivo é auxiliar as prefeituras nas ações de imunização de várias doenças a acessar a população que se encontra impossibilitada de se deslocar ou aquelas em situação de vulnerabilidade social, alcançando um maior número de pessoas imunizadas”, destaca Ricardo Oliveira, Conselheiro Estadual da Cruz Vermelha Brasileira – Filial Minas Gerais.

Em Minas, 16 voluntários receberam treinamento, além de orientações relacionadas à prevenção e aos protocolos de segurança adotados pelo Ministério da Saúde. Segundo a Cruz Vermelha, cada prefeitura será responsável por disponibilizar as vacinas e os profissionais para aplicar as doses.

O Hoje em Dia entrou em contato com a SES e solicitou informações sobre datas e quais cidades serão atendidas pelo ônibus, mas não obteve retorno até o momento.

Estrutura

O ônibus tem estrutura completa para vacinação, com três salas para aplicação de imunizantes, três mesas para cadastro e testes rápidos, 20 cadeiras para espera e ainda conta com duas tendas.  

“Com nossos ônibus, buscamos oferecer mobilidade e segurança para que a Cruz Vermelha possa cumprir sua importante missão de levar vacinas, como também saúde e cuidados a populações carentes”, diz Karl Deppen, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina.  

Leia mais:
Mortes de crianças e adolescentes por Covid-19 chegam a 106 em Minas
Com 10,4 mil casos em um dia, Minas passa de 1,7 milhão de infectados pela Covid
Saiba quando você deve ser vacinado contra a Covid-19 em Minas