A ocupação dos leitos de UTI para pacientes em tratamento contra a Covid-19 voltou a subir em Belo Horizonte. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta terça-feira (15), o dado passou de 73,4% para 74,5%.

O índice segue em nível máximo de alerta, no vermelho. De acordo com o informe, das 1.031 vagas disponíveis nas unidades de terapia intensiva da capital mineira, somando as redes pública e privada, 768 estão ocupadas por pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Já em relação aos leitos de enfermaria, houve queda na ocupação, de 55,2% para 53,2%, mas o índice continua em alerta amarelo. 

A taxa de transmissão (Rt) da Covid-19 na capital mineira também apresentou uma ligeira queda e em 24 horas passou de 0,94 para 0,93. Isso significa que cada grupo de cem pessoas contaminadas transmite o vírus para outras 93.

Até o momento, 223.672 pessoas tiveram Covid-19 na cidade. Dessas, 5.457 morreram.

A primeira dose da vacina contra o novo coronavírus chegou a 995.869 pessoas. Já os imunizados com segunda dose são 412.046.

Leia Mais:
Secretário de Saúde de BH afirma que Minas recebe menos kits intubação do que outros estados
Estudantes ainda 'esperarão muito' para receber a vacina contra Covid em BH, diz secretário de Saúde
Secretário de Saúde afirma que BH deixou de receber 50 mil doses da vacina contra a Covid