Vinte e três presos, sendo a maioria deles traficantes de drogas, fugiram do Presídio de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas, na madrugada deste domingo. Até esta tarde, nenhum deles havia sido recapturado, segundo informação de uma funcionária da penitenciária que preferiu não ser identificada.

Para fugir, os homens estouraram os cadeados das celas e escalaram o muro para fora do presídio usando uma corda feita com lençóis, conhecida como “teresa”. A fuga ocorreu por volta das 3h, mas, ainda de acordo com a servidora da cadeia, só foi descoberta meia hora depois, quando policiais militares viram os presidiários andando pela cidade, usando os uniformes da instituição prisional.

Capacidade

O Presídio de São Sebastião do Paraíso já teria identificado todos os 23 fugitivos, mas seus nomes não foram divulgados pela funcionária. Ela contou que o espaço tem capacidade para pouco mais de 100 presos, mas está superlotado, com mais de 400 pessoas, entre homens e mulheres.

Perguntada sobre quantos guardas penitenciários faziam a vigilância do presídio no momento da fuga, a funcionária não soube responder, mas disse que seriam poucos os que trabalham nos plantões diurno e noturno.

Leia também:

PM é ferido a tiro em operação para desmobilizar festa clandestina com 300 pessoas na RMBH