A força-tarefa de enfrentamento à pandemia da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais tem visitado municípios do interior, na tentativa de ajudar os gestores de saúde locais a traçarem um plano de ação de enfrentamento à Covid-19 e preparando o sistema de saúde para uma possível terceira onda do novo coronavírus.

Municípios como Passos, no Sudoeste do Estado, têm enfrentado superlotação de casos de Covid-19 nos hospitais locais e, com isso, a necessidade de transferir pacientes para outras cidades, como Caratinga e Juiz de Fora.

A SES-MG informou que são visitas técnicas, com o objetivo de intensificar o apoio aos gestores municipais e hospitalares, avaliando fluxos assistenciais, plano de ação e preparando o sistema de saúde para uma possível terceira onda do novo coronavírus.

“A força tarefa conhece a assistência hospitalar dos municípios para trazer, da parte do Estado, respostas e sugestões que aperfeiçoam o atendimento aos pacientes covid. Diante da necessidade apresentada pelos municípios, do cenário epidemiológico da região e da situação da rede assistencial, a equipe elabora um parecer técnico, a fim de auxiliar os gestores locais no enfretamento da pandemia”, explica a assessora geral de Gabinete da SES-MG, a enfermeira Adriana Vilela, uma das integrantes da equipe.

Em Itajubá, a força-tarefa visitou o Hospital das Clínicas e a Santa Casa de Misericórdia. “Um dos focos foi a orientação, aos gestores hospitalares e locais, sobre a atuação da Atenção Primária no controle da pandemia”, disse Adriana Vilela.

Busca ativa

Porta de entrada do paciente na rede hospitalar, nesta etapa é possível fazer a busca ativa de casos, ampliar testagem, divulgar informações e incentivo a medidas de prevenção de contágio. Segundo Adriana, a SES-MG disponibilizou nossas notas técnicas orientativas voltadas para gestores locais para melhorar ainda mais o atendimento à população.

Em Pouso Alegre, a equipe técnica da secretaria esteve no Hospital das Clínicas Samuel Libânio e na Unidade de Pronto Atendimento do município. A equipe conheceu o fluxo assistencial entre as unidades e fez orientações sobre a assistência.

Santa Casa

A força-tarefa esteve, em Passos, com membros da Secretaria Municipal de Saúde, para alinhamento de ações de apoio ao combate ao Sars-CoV-2. O grupo esteve na Santa Casa de Misericórdia e também visitou unidades básicas de saúde.

“Os gestores levantaram as dificuldades e as necessidades da saúde. A partir delas, a equipe da força tarefa emitiu as recomendações para melhorar o enfrentamento à Covid no município e tornar o fluxo assistencial mais efetivo”, pontuou Adriana Vilela.

De acordo com ela, foram avaliados os procedimentos assistências, os fluxos internos de atendimento e o manejo clínico dos pacientes que precisam ser transferidos, seja por via aérea ou terrestre.

Leia mais:

Estado registra mais de 5,5 mil novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

PBH encerra hoje cadastro para vacinação de pessoa com deficiência que não tem BPC

Vinte variantes do novo coronavírus já foram detectadas em Minas