Pessoas com comorbidades e trabalhadores da Saúde com 18 anos ou mais não precisam mais fazer o cadastro na Prefeitura de Belo Horizonte para tomar a vacina contra a Covid-19.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), esse público pode procurar os pontos de vacinação da capital, no horário das 7h30 às 16h30, e receber a aplicação. "É imprescindível que o usuário cumpra todos os requisitos e apresente os documentos exigidos no momento da vacinação", informou a pasta em nota.

Já os moradores de 18 a 59 anos com deficiência e que não recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) devem fazer o cadastro para a vacinação contra a Covid-19 até as 23h59 de domingo (30).

Comorbidades

No momento da vacinação, o público precisa seguir as seguintes orientações: 

  • Apresentar exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica emitidos em até 12 meses antes da data do cadastro;
  • Apresentar documento de identificação com foto;
  • Apresentar comprovante de residência em Belo Horizonte;
  • Ter preenchido cadastro para a vacinação, de forma válida, até 23h59 de 16 de maio;
  • Não ter recebido vacina contra a Covid-19;
  • Não ter recebido qualquer outra vacina nos últimos 14 dias;
  • Não ter tido Covid-19 com início de sintomas nos últimos 30 dias. 

Para se imunizar, é necessário levar o cartão de vacina, documento de identidade e CPF. O horário de funcionamento será das 7h30 às 16h30 em pontos fixos e das 8h às 16h30 em pontos de drive-thru.

Os endereços estão disponíveis no portal da Prefeitura. Os usuários devem ficar atentos aos locais de vacinação, já que, por questões de logística, os pontos são alterados frequentemente.

Leia Mais:
Belo Horizonte tem alta nos índices de ocupação de leitos de UTIs e enfermarias
Cidade do Sul de Minas fecha o comércio, impõe toque de recolher e suspende transporte público