Belo Horizonte registrou aumento na ocupação de leitos de terapia intensiva e enfermarias destinados ao atendimento a pessoas com Covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura nesta quinta-feira (27). 

A taxa de ocupação nas UTIs subiu de 78,2% para 79,2%. Na capital, das 579 vagas da rede pública, 491 estão com doentes em tratamento. Já o índice de lotação das enfermarias passou de 63,7% para 64%.

O número médio de transmissão por infectado (RT) permanece em 1,08 desde a última terça-feira (25). Isso significa que 100 pessoas com o vírus podem infectar outras 108. De acordo com as autoridades de saúde, o ideal é que esse índice fique sempre abaixo de 1 para o maior controle da pandemia.

Na capital mineira, 5.040 pacientes morreram em decorrência da Covid-19 desde março do ano passado. Os casos positivos somam 204.527.

Ainda segundo o informe, 798.851 belo-horizontinos foram vacinados com a primeira dose contra o novo coronavírus, o que corresponde a 39,2% da população total do município. Outros 374.689 já receberam as duas aplicações, o equivalente a 18,4% dos habitantes.

Leia Mais:
Cidade do Sul de Minas fecha o comércio, impõe toque de recolher e suspende transporte público
PBH não exige mais cadastro de pessoas com comorbidades e profissionais de Saúde para vacinação