A taxa de transmissão do novo coronavírus se manteve em 1 em Belo Horizonte, segundo o boletim epidemiológico e assistencial divulgado pela prefeitura nesta quarta-feira (19). O índice segue na faixa amarela, de alerta, e cada grupo de cem pessoas transmite a doença para outras cem.

A ocupação de leitos de UTI e enfermarias com pacientes infectados pela Covid-19 registrou aumento na capital. Nas terapias intensivas, a taxa subiu de 78,1% para 79,9%. Dos 1.030 leitos disponíveis, 823 estão ocupados. Já nas enfermarias, saltou de 56,9% para 59,1%.

Em 24 horas, a metrópole contabilizou 1.478 casos e 51 mortes pelo novo coronavírus. Até o momento são 4.817 óbitos e 196.581 infectados desde o início da pandemia. Do total de pessoas que contraíram a enfermidade, 7.791 ainda estão em acompanhamento.

Segundo o informe, 721.158 pessoas foram vacinadas com a primeira dose na cidade, o que corresponde a 35,4% da população total de BH. Ao todo, 311.028 moradores receberam as duas aplicações, o que representa 15,3% dos habitantes.

Leia Mais:
Minas registra mais de 10 mil casos de Covid-19 em 24 horas
Pazuello passa mal e depoimento à CPI da Pandemia é suspenso até esta quinta-feira
Abin tem competência para investigar desvios de recursos da pandemia, defende ministro